Segunda-feira, 20 de Abril de 2009

Filhos adolescentes

Não há nada que nos faça sentir tão "ultrapassados" como o olhar que um filho adolescente nos deita quando tecemos uma das nossas considerações sobre o que julgamos ser a vida.

O receio que têm de "fazer figuras" em frente aos amigos, impede-nos até do beijo de despedida matinal quando os deixamos à porta da escola. E se queremos mesmo deixá-los furiosos é utilizarmos um dos nomes carinhosos que utilizamos em casa, quando cá vêm os colegas.

É necessário estabelecer laços com os nossos filhos, especialmente quando atravessam uma fase tão conturbada como é a adolescência mas, embora seja a terceira vez que passo por tal situação, parece-me sempre que estou a pisar em falso. No fundo, tudo o que queremos é...

 

Ter filhos que acreditam nas suas capacidades e gostam de si mesmos.
Ter filhos que anseiam crescer e sintam estímulo de ser autónomos.
Ter filhos que se sintam mais valorizados do que criticados.
Ter filhos alegres, que de qualquer forma demonstram a sua alegria e sentido de humor.
Ter filhos que acreditam nos pais e no seu amor incondicional, mesmo quando fazem algum disparate ou não correspondem às expectativas.
Ter filhos que sabem aceitar os próprios erros e não tenham receio de os comunicar.
Ter filhos que, apesar das normais indecisões, vão procurando dar passos concretos para encontrar o seu caminho e o seu futuro.
Ter filhos que se sintam bem dentro de casa mas que, apesar disso, também apreciem estar com os amigos e sair com eles.
Ter filhos que abraçam e beijam e são capazes de expressar os sentimentos que sentem pelos pais e de receber afecto. Ter filhos que partilham em família as coisas mais importantes da sua vivência.
Ter filhos que cresçam a desejar vir a ser uns pais como aqueles que eles próprios têm.

 

publicado por daplanicie às 12:44

link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De guiga a 20 de Abril de 2009 às 16:05
Acho que nós, filhos, só nos apercebemos de como isso é bom já tarde. Mas, nunca é tarde demais! :D Também tive essa minha fase e agora mimo a minha mamã! hehe
*.*
De inoutyou a 20 de Abril de 2009 às 19:06

Olá Luz,

Bonito texto, e acima de tudo escrito com muito carinho

Beijos
Alex
De A-lupa-de-alguem a 22 de Abril de 2009 às 11:29
Olá. Bom ver que está de volta! O meu filhote ainda está na infância e são momentos únicos , deve ser das melhores fases pois ainda podemos dar carinhos e beijinhos a toda a hora, sem que ele se sinta constrangido pelos colegas. Mas de facto a adolescência nos tempos que hoje corre é algo que me preocupa e muito. Mesmo assim tento viver um dia de cada vez, pois esta fase é fantástica . Parabéns pelos filhos que tem...

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Emocionalmente Saudável

. Ano Novo, Vida Velha

. Esperar

. Aos meus amigos

. O valioso tempo dos madur...

. Filhos

. Sinto-me...

. Hoje

. Tirar o "S" da CRISE

. Chuva...chuva...chuva

.arquivos

. Janeiro 2014

. Julho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.links

.on-line

website stats

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds