Quinta-feira, 11 de Março de 2010

O valioso tempo dos maduros

 

Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver daqui para a frente do que já vivi até agora.
Tenho muito mais passado do que futuro.
Sinto-me como aquele menino que recebeu uma bacia de cerejas.
As primeiras, ele chupou displicente, mas percebendo que faltam
poucas, rói o caroço.
Já não tenho tempo para lidar com mediocridades.
Não quero estar em reuniões onde desfilam egos inflados.
Inquieto-me com invejosos tentando destruir quem eles admiram,
cobiçando seus lugares, talentos e sorte.
Já não tenho tempo para conversas intermináveis, para discutir
assuntos inúteis sobre vidas alheias que nem fazem parte da minha.
Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas, que apesar da idade cronológica, são imaturos.
Detesto fazer acareação de desafectos que brigaram pelo majestoso cargo de secretário geral do coral.
'As pessoas não debatem conteúdos, apenas os rótulos'.
Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos, quero a essência, minha alma tem pressa...
Sem muitas cerejas na bacia, quero viver ao lado de gente humana, muito humana; que sabe rir de seus tropeços, não se encanta com triunfos, não se considera eleita antes da hora, não foge de sua mortalidade.
Caminhar perto de coisas e pessoas de verdade,
O essencial faz a vida valer a pena.
E para mim, basta o essencial!"

 

Poesia de Mário de Andrade

publicado por daplanicie às 16:00

link do post | comentar | favorito
|
15 comentários:
De guiga a 12 de Março de 2010 às 15:34
Identifiquei-me. Completamente!
Obrigada por este momento.
E, obrigada pelo teu regresso.
bjs *.*
De TiBéu ( Isa) a 12 de Março de 2010 às 15:37
Olá
Sabes que quando fiz 50 anos pensei tudo isto hehe e disse para mim .
Vai ser diferente a partir de hoje e tento sempre que seja e tenho conseguido, pena que faz fiz 50 a aguns anos, Mas sou mais eu, penso meis em mim e tento viver a vida o melhor que sei e que posso. beijokas. Bela poesia de Mário de Andrade
De Isa a 13 de Março de 2010 às 00:11
Muito bonito. bjs
De sandra a 14 de Março de 2010 às 17:37
Grande verdade. Apesar de ter menos idade que tenho fazer isso, saborear bem os dias... a vida passa bem rapido.

beijinhos
De Caminhando... a 15 de Março de 2010 às 17:05
Olá Luz!

Hoje estamos de facto num tempo em que: 'As pessoas não debatem conteúdos, apenas os rótulos'
Pena...

É realmente tempo de caminhar perto de coisas e pessoas de verdade e aproveitar e valorizar o essencial.

Se me dá lincença irei adicionar este texto aos favoritos pois gostei realmente dele e gostaria de o voltar a ler.

Beijinhos

Beijinhos
De blogando-me1 a 20 de Março de 2010 às 12:57
De Ensino Especial- Até onde poderei sonhar? a 24 de Março de 2010 às 20:41
Boa noite. . .
Já estava com saudades seus post geniais. Geniais porque ne fazem pensar na vida de uma outra forma.
Neste post vc fala no tempo " nos resta ". O tempo passa muito rápido, e a maior parte das pessoas só se dá conta disso quando já têm pouco tempo de vida e depois querem aproveitar tudo ao máximo.
Nessa altura tudo o que resta às pessoas é esperança. Esperança que com o pouco tempo que lhes resta consigam realizar todos os seus planos e desejos.

Muitos parabéns

Beijinhos
De dolce_vita a 3 de Abril de 2010 às 01:32
Olá amiga Luz,um poema "cheio" ...quendo conseguirmos viver com o essencial,torná-lo a luz do nosso caminho,então encontramos a felicidade desejada.
Uma feliz Páscoa.
Beijinho
RS
De Marta M a 6 de Abril de 2010 às 17:08
Ter mais passado que futuro, assuta.
E depois dá uma importância enorme ao que há para viver, mas também quase obriga a a dar sentidos ao que se viveu...
Ambas as situações são potencialmente assustadoras, mas também, revigorantes.
Depende de que ponto de vista as encaramos.
Interessante exercício.
Abraço
Marta M
De produzione sperma a 19 de Abril de 2010 às 13:07
seu blog é muito bom! Eu não leio Português bem, mas eu amo o que você escreve!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Emocionalmente Saudável

. Ano Novo, Vida Velha

. Esperar

. Aos meus amigos

. O valioso tempo dos madur...

. Filhos

. Sinto-me...

. Hoje

. Tirar o "S" da CRISE

. Chuva...chuva...chuva

.arquivos

. Janeiro 2014

. Julho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.links

.on-line

website stats

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds