Quarta-feira, 13 de Junho de 2007

Inveja

Quem de nós nunca sentiu o pico da inveja a remoer por dentro, nem que seja devido a uma amiga que foi passar férias a Bora Bora ? Penso que talvez não seja exagero dizer que não deve haver ninguém que nunca tenha sentido aquele incómodo pensamento de "mas porque é que isto não me aconteceu a mim??". Não desejamos mal a ninguém...desejávamos era uma bocadinho mais de "bem" para nós. É natural no ser humano e, quando em doses pequenas, não advém daí mal ao mundo.

O pior é aquela inveja mesquinha e doentia que corrói a alma até ao âmago. Pessoas que fazem da inveja o seu modo de vida porque não têm mais nada que fazer senão pensar na vida dos outros.

A inveja é um dos sentimentos mais torpes e difíceis de serem eliminados da alma humana e trata-se de uma característica que mais causa sofrimento à humanidade.

Onde houver apego à materialidade das coisas, naquilo que o objecto de desejo simboliza em termos de bem-estar e "status quo", aí estará a inveja, sobrevoando os pensamentos mais íntimos, semelhante a um abutre, esfomeado pela carniça.

Há pessoas que, não tendo outra ocupação, se colocam como cães de guarda da vida dos outros, sempre alerta à menor diferença ou acontecimento.

Basta alguém destacar-se nalguma área, mesmo a mais ínfima que se possa imaginar e lá estará o invejoso, pronto para apontar o dedo e a tentar minimizar o feito do outro.

Uma roupa diferente, um calçado da moda ou mesmo uns brinco ou pulseira mais vistosos e já se torna motivo de olhares de esguelha e comentários, que podem ser elogiosos mas no fundo poucos serão sinceros.

E amigos desses...só ao longe!!

publicado por daplanicie às 10:26

link do post | comentar | favorito
|
15 comentários:
De Vallis Longus a 13 de Junho de 2007 às 13:00
Bem... é só para dizer que também a galardoei com o prémio "Blog com Tomtes"!

Visite também o meu blog e os que eu nomeei.

E já agora... não sei se é +possível, mas poderia explicar-me por mail (junior319@sapo.pt) como é que se cria um "Contador" de visitantes para o blog? Obrigada

Saudações!
De daplanicie a 13 de Junho de 2007 às 14:40
Muito obrigada pela nomeação. Enviarei mail a tentar explicar a colocação de contador mas aviso já que não sou nenhuma expert nesta área. :-)
De estoriasdaminhaterra a 13 de Junho de 2007 às 14:12
Isso da inveja tem muito que se lhe diga, ou que se roa...
De daplanicie a 13 de Junho de 2007 às 14:41
LOL...Ui, se tem. Há por aí cada dor de cotovelo que não digo nada!!
De Chico a 13 de Junho de 2007 às 16:19
A inveja patológica manifesta-se quando alguém deixa de viver a sua vida para a centrar nos outros.
O invejoso acaba por não conseguir usufruir das coisas, pois sente uma preocupação doentia em mostrá-las, e apenas isso.
O mais preocupante é que o fenómeno se vai instalando em idades cada vez mais prematuras.
Na escola, o miudo ou a miuda que não usam a marca x ou que não são levados pelos pais no carro y são segregados pelos colegas.
Mas isto não tem a ver só com inveja...
De daplanicie a 14 de Junho de 2007 às 08:19
Completamente de acordo. Quem tem filhos como eu cada vez ouve com mais frequência a frase " mas ele/a tem...". E parece-me, dando a mão à palmatória que nós adultos somos os responsáveis por este comportamento pq muitas vezes pensamos para nós mesmos "então se o outro tem pq é q o meu n há-de ter??".
Obrigada pela visita. É sempre muito bom ver novos visitantes .
De Flá a 13 de Junho de 2007 às 18:37
Cá estou eu para comentar o seu último post ...e segui o seu conselho não deixando de escrever para o souumapinxaxalinda ...
quanto ao assunto da inveja começaria por destacar que inveja e ciúme não bem sinónimos como tanta gente julga...sinto ciúme quando me sinto a ameaça de perder algo que é meu, e isto pode ser a atenção de alguém, coisa que acontece muito entre irmãos principalmente nas mais tenras idades...agora inveja chega a ser um pouco mais grave...inveja é aquele desejo que se apodera de nós, aquele desejo de ter algo que não é nosso e que nos pode tornar frios e mesmo maus para as pessoas detentoras do que invejamos.
quanto às marcas e aos carros...a minha opinião é que apenas dão um falso protagonismo às pessoas.
beijo
De daplanicie a 14 de Junho de 2007 às 10:45
O que a inveja e o ciúme têm em comum é que ambas trazem infelicidade a quem as sente e a quem é alvo desses sentimentos destrutivos. Fico feliz por continuares no pinxexa e lá te visitarei sempre que puder. Beijinho
De Caty a 13 de Junho de 2007 às 23:08
Olá!!!
Passa no meu blog, se quizeres tenho lá uma nomeação para ti!!!
Beijokas
De Estupefacta a 14 de Junho de 2007 às 09:02
Pois é...
A inveja é o pior dos males.
Escrevi um post muito recentemente sobre isso.
Gostei muito do seu blogue.
Um bom dia
De daplanicie a 14 de Junho de 2007 às 10:48
Obrigada pela tua visita. Espero que voltes mais vezes. Também já fui espreitar o teu cantinho mas não consegui encontrar o teu post sobre a inveja. Só vi que o blog tinha sido criado ontem. Parabéns pela entrada neste mundo virtual.
De Caty a 14 de Junho de 2007 às 09:03
Olá!! Fico muito orgulhosa que gostes do meu cantinho!!!
Sobre o teu post, é muito real, infelizmente.O pior é quando os temos mesmo ao lado e só sabemos quando levamos uma facadinha nas costas!!!
Cuidado com esses amigos ;)
Beijokas e bom dia!!!
De daplanicie a 14 de Junho de 2007 às 10:31
Sim, infelizmente o mundo está cheio dos chamados "amigos da onça" e, às vezes de onde menos se espera é que vêm as más surpresas. Bj e um bom dia de trabalho.
De Nettwerk van Helsing a 15 de Junho de 2007 às 09:04
Umas férias a Bora Bora, pelo menos para mim, não são grande motivo de inveja (OK, tenho outros interesses...aana como um sítio mais relaxante e menos dispendioso. Mas adiante), mas... é um facto de que basta muito pouco para aparecerem as más línguas e os "olhares pelo canto do olho"... e, infelizmente, nos meios pequenos a inveja encontra-se atrás da esmagadora maioria das portas...

Cumprimentos.
De daplanicie a 15 de Junho de 2007 às 09:28
Aí é que está, o facto de ser dispendioso e apenas ao alcance de alguns é que motiva a inveja. :-)
Mas é verdade, os meios pequenos são profícuos nessas "invejazinhas" amesquinhadas. No entanto continuo a preferi-los em detrimento dos grandes meios urbanos completamente desumanizados.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Emocionalmente Saudável

. Ano Novo, Vida Velha

. Esperar

. Aos meus amigos

. O valioso tempo dos madur...

. Filhos

. Sinto-me...

. Hoje

. Tirar o "S" da CRISE

. Chuva...chuva...chuva

.arquivos

. Janeiro 2014

. Julho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.links

.on-line

website stats

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds