Quinta-feira, 28 de Junho de 2007

Avó

Quero ser a senhora do tempo para lhe ordenar que, ao invés de avançar, recue. Recue até chegar ao tempo em que ainda te podia ver, podia sentir o calor do teu sorriso e ouvir a tua voz que  hoje ouço apenas nos meus sonhos. Quero de novo sentir as tuas mãos nos meus cabelos, tecendo longas tranças que depois enfeitavas com uma fita colorida e, olhando para mim, e dizias que estava linda. E era assim mesmo que me sentia só pelo amor do teu olhar.

Quero de novo ficar sentada aos teus pés a ouvir as histórias que repetidamente contavas e em que, de cada vez que a ouvíamos o enredo era diferente e os finais surpreendentes. Apenas para nos ouvires dizer que da outra vez não era assim. E então rias e respondias "Mas agora é...". E nós ficávamos ali, encantados a olhar para a fada boa que conseguia mudar os destinos das personagens que já conhecíamos de cor.

Quero voltar às memórias em que me consolavas com o teu abraço tranquilo quando estava triste e me dizias ao ouvido que tudo ia ficar bem.

Eu sei bem porque Deus te quis junto dele. Porque precisa de pessoas como tu para fazerem parte da sua corte de Anjos, que envia para ajudarem quem precisa.

Mas apesar disso, quero de novo o tempo em que estavas mesmo presente, em vez de te sentir apenas como  meu Anjo da Guarda.

tags:
publicado por daplanicie às 18:03

link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De Estupefacta a 28 de Junho de 2007 às 22:13
Eu também nutro esse sentimento em relação à minha avó materna.
tenho saudades dela.
Um beijinho muito grande
De daplanicie a 29 de Junho de 2007 às 07:41
Também é da minha avó materna que falo. Era realmente especial e as saudades são muitas. Beijinho para ti e obrigada por continuares a ler o que escrevo.
De flor_incognita a 29 de Junho de 2007 às 09:21
Olá ...nunca te tinha encontrado...e hoje ao chegar ao meu cantinho descobri a tua morada...resolvi seguila e aqui estou fascinada com esta leitura...que me fez recordar...e sentir saudades!
BEIJOS
De daplanicie a 29 de Junho de 2007 às 11:30
Muito obrigada pelas tuas palavras tão queridas. Espero que voltes em breve. Lá te visitarei também na tua "casinha". Um Beijinho
De estoriasdaminhaterra a 29 de Junho de 2007 às 10:40
Não é da minha avó que sinto saudades, mas sim da minha bisavó Teresa, que educou três gerações, que sempre se manteve lúcida e imparcial até ao dia de partir, que nos contava histórias do pai que era republicano ( antes da impalntação da républica) e do irmão que era comunista e passador ( antes do 25 de Abril) das aventuras que tinha com os irmãos , que ensinou as meninas da familia a fazer camisola de lã, que ensinou como era a vida na guerra que ensinou a ler e a contar... Ainda hoje depois de três anos de partida ainda a " ouço" a chamar os bisnetos ( agora adultos) para descer do sotão que faziamos estremecer a casa toda e que as coisas antigas não eram para brincar... A saudade aperta mas o orgulho de ter uma bisavó de guerra fala mais alto...
De daplanicie a 29 de Junho de 2007 às 11:32
Somos umas sortudas em termos recordações de pessoas tão fortes e que nos marcaram tanto. A minha vó faleceu há já 23 anos e ainda não consigo pensar nela sem chorar. Foi uma pessoa fantástica a quem as adversidades da vida nunca conseguiram derrubar. Um beijinho para ti e um muito obrigada pelos teus comentários sempre tão agradáveis.
De guiga a 29 de Junho de 2007 às 11:26
Tenho muitas saudades da minha avó paterna também.
Foi-se cedo demais...

Bom fim-de-semana! *.*
De daplanicie a 29 de Junho de 2007 às 11:34
Para pessoas que amamos é sempre cedo demais. Também tenho saudades da minha avó paterna e do meu avô mas esta é muito especial. É um anjo da guarda para mim e tenho muitas saudades dela. Um gende beijinho e bom fim de semana.
De Flá a 29 de Junho de 2007 às 12:00
não temos como saber se elas, as avós que já partiram, estão ou não melhor que nós, no entanto, não conseguimos deixar de ser egoístas e de as desejar de novo, como em tempos o estiveram, a zelar por nós...a querer e a provocar cada sorriso que fazíamos...sim também tenho saudades da senhora que me criou, da senhora que comigo brincava, da senhora que me ensinou as coisas básicas da vida, da senhora que construiu a base do que sou hoje, sim também tenho saudades da minha avó.
De paisagemviva2 a 6 de Julho de 2007 às 14:33
Li uma vez algures:

"Deus criou os avós porque não pode estar em todo o lado"

Achei fantástica!!!

Há pessoas que não sabem dar o devido valor aos avós, mas um dia todos seremos avós, ou pelo menos grande parte de nós... é a lei da vida.

E quem melhor que os avós para transmitir conhecimento, contar lindas histórias e mimar os nossos reguilas.
Os avós têm a disponibilidade que nós gostariamos de ter para os nossos filhos e a paciência que por vezes nos falta devido ao stress e aos afazeres da vida. Por vezes são os avós que vêm as novas gracinhas e as primeiras palavras.

Deus os conserve por muitos anos, com saúde e paciência e muita alegria.
VIVAM OS AVÓS

Paisagemviva

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Emocionalmente Saudável

. Ano Novo, Vida Velha

. Esperar

. Aos meus amigos

. O valioso tempo dos madur...

. Filhos

. Sinto-me...

. Hoje

. Tirar o "S" da CRISE

. Chuva...chuva...chuva

.arquivos

. Janeiro 2014

. Julho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.links

.on-line

website stats

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds