Segunda-feira, 31 de Março de 2008

Gestão por objectivos

Era uma vez uma aldeia onde viviam dois homens que tinham o mesmo nome: Joaquim Gonçalves. Um era sacerdote e o outro, taxista.
Quis o destino que morressem no mesmo dia.  Quando chegaram ao céu, São Pedro esperava-os.
 - O teu nome ?
- Joaquim Gonçalves.
 - És o sacerdote ?
 - Não, o taxista.
 São Pedro consulta as suas notas e diz:
  - Bom, ganhaste o paraíso. Levas esta túnica com fios de ouro e este ceptro de platina com incrustações de rubis. Podes entrar.
- O teu nome ?
 - Joaquim Gonçalves.
- És o sacerdote ?
 - Sim, sou eu mesmo.
- Muito bem, meu filho, ganhaste o paraíso. Levas esta bata de linho e este ceptro de ferro.
O sacerdote diz:

  - Desculpe, mas deve haver engano. Eu sou o Joaquim Gonçalves, o sacerdote!
- Sim, meu filho, ganhaste o paraíso. Levas esta bata de linho e...
- Não pode ser! Eu conheço o outro senhor. Era taxista, vivia na minha aldeia e era um desastre! Subia os passeios, batia com o carro todos os dias, conduzia pessimamente e assustava as pessoas. Nunca mudou, apesar das multas e repreensões policiais.E quanto a mim, passei 75 anos pregando todos os domingos na paróquia. Como é que ele recebe a túnica com fios de ouro e eu... isto?

  - Não é nenhum engano - diz São Pedro. - Aqui no céu, estamos a fazer uma gestão mais profissional, como a que vocês fazem lá na Terra.
 - Não entendo!
  - Eu explico. Agora orientamo-nos por objectivos. É assim: durante os últimos anos, cada vez que tu pregavas, as pessoas dormiam. E cada vez que ele conduzia o táxi, as pessoas começavam a rezar.
 
 Resultados! Percebeste? Gestão por Objectivos! O que interessa são os resultados, a forma de lá chegar é completamente secundária...!


tags:
publicado por daplanicie às 15:00

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Domingo, 30 de Março de 2008

Felicidade

Felicidade não tem peso,
nem tem medida,
não pode ser comprada,
não se empresta,

nem se pede emprestada.
Só pode ser legítima.
Felicidade falsa não é felicidade.

É ilusão.
Mas, fazendo as contas na medida do bem,
diria que a felicidade pode ter tamanho,
pode ser grande, pequena,
caber nas conchas da mão,
ou ser do tamanho do mundo.
Felicidade é sabedoria, esperança,
vontade de ir, vontade de ficar,
presente, passado, futuro.
Felicidade é confiança:
fé e crença,trabalho e acção.
Não se pode ter pressa de ser feliz,
porque a felicidade vem devagarinho,
como quem não quer nada.
Ser feliz não depende de dinheiro,
não depende de saúde,
nem de poder.
Felicidade não é fruto da ostentação,
nem do luxo.
Felicidade é desprendimento,
não é ambição.
Só é feliz quem sabe suportar, perder,
sofrer e perdoar.
Só é feliz quem sabe, sobretudo, amar

tags:
publicado por daplanicie às 09:26

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sábado, 29 de Março de 2008

Homem grávido

 

Ontem não queria acreditar no que via nas imagens que passavam na tv . Olhei bem, tornei a olhar e era mesmo verdade...era um homem grávido que aparecia nas ditas imagens, acompanhadas pela voz off que elucidava que o referido senhor Thomas Beatie , um transexual casado, dará à luz uma menina no Verão depois de várias tentativas para engravidar e após ter sido rejeitado pela sociedade e pela sua família.

Segundo diziam, Beatie , cujo aspecto é o de um homem grávido de cinco meses, submeteu-se a uma alteração para eliminar os seios femininos e a um tratamento de testosterona no seu processo de mudança de sexo mas conservou os seus órgãos reprodutores.
Este casal, formado há mais de dez anos, sempre quis ter um bebé mas a mulher de Beatie , Nancy, sofreu uma endometriose há 20 anos e, por culpa dessa doença, foi sujeita a uma histerectomia que a impede de ter filhos. Então, logo que conseguiram ter uma situação económica desafogada, o casal tomou a decisão de Beatie ficar com a gestação do bebé de ambos.
Juro que não quero ser bota-de-elástico, mas aquilo fez-me confusão e comecei logo a imaginar a pobre criança depois a ver-se grega para conseguir explicar a si própria quem é a mãe e quem é o pai.

Só sei que se o Salazar ainda fosse vivo, os 1000 contos já tinham dono, essa é que é essa !

publicado por daplanicie às 09:02

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Sexta-feira, 28 de Março de 2008

Amor, love, amour

Não sei explicar o porquê mas, para muitas pessoas, a palavra "amo-te" é difícil de pronunciar. Parece que está em desuso, fora de moda, desactualizada ou temem parecer lamechas/pirosas.

Parece que já não vivemos na época do amor, passamos pela era do adoro-te, do gosto-te, do quero-te. Amor tornou-se cliché. Escreve-se sobre o amor com muito mais frequência, mas confundem-no com paixão.

Oh, saudades dos lenços de namorados, das cartas de amor da época em que não havia sms ou mails  e, no entretanto, tudo se perdeu. Dizer hoje que te amo é invocar uma marca comercial com direitos de autor e o amor tornou-se banal. Dizem que «amo-te» não lhes soa bem, que o português não tem música, que não ressoam sininhos.

Proliferam «I love you » e «Je t’aime » sob o mote da caça à musicalidade do amor. E a Língua Portuguesa tem afinal tanto som, tanto paleio, cujo «amo-te» torna-se belamente pronunciado, requerendo movimentos de lábios fortemente entrincheirados e ouve-se então a intensidade do amor, palavra saboreada em português. O amor não precisa que inventem novas palavras, novos pseudónimos, nem que soe a notas musicais. O amor está cansado de ser a emoção cliché. Amar precisa de ser invocado, de ser sentido, de ser entoado com a alma e soar a um «amo-te» tão querido, tão intenso, tão português.

tags:
publicado por daplanicie às 10:47

link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Quinta-feira, 27 de Março de 2008

Pijamas mortais

Um estudo da revista Proteste veio revelar a existência de químicos perigosos em pijamas para crianças, das marcas Prénatal , Chicco e Verbaudet , que não são marcas que se possam considerar baratas.

Segundo este estudo, em todos estes pijamas, foram encontradas substâncias, como os ftalatos e formaldeído, que podem afectar gravemente a saúde, a longo prazo. São potencialmente perigosas, sobretudo para as crianças cujo sistema imunitário ainda não se encontra totalmente desenvolvido.
Inquiridos os responsáveis pelas referidas marcas, alegaram que não tinham conhecimento, que estavam a estudar o assunto e que brevemente saberiam mais informações. É óbvio que nenhum iria responder "Ah sim, nós já sabíamos disso mas continuámos a usar esses químicos porque assim a produção sai muito mais barata e embolsamos mais alguns milhões."

A melhor resposta veio, na minha opinião, da responsável pelo marketing da Verbaudet , Margarida Campos, que declarou que tinham conhecimento das normas que proíbem o uso dos químicos em causa nos brinquedos e nos artigos de puericultura, mas adiantou que a lei não refere qualquer proibição no fabrico de roupas.

Pois claro, minha senhora, era muito possível que fosse proibido nos artigos de puericultura e brinquedos mas permitido num pijama, que está durante horas seguidas em contacto com a pele das crianças...

Em relação a este assunto, o meu conselho é que passemos a comprar os pijamas das nossas crianças na feira de Carcavelos e afins porque esses, pelo menos, são baratinhos e não houve queixas deles!


publicado por daplanicie às 10:02

link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|
Quarta-feira, 26 de Março de 2008

Aluna no Tribunal de Menores

Tenho assistido vezes sem conta às imagens, sempre chocantes, da aluna de uma escola secundária do Porto, que entra num confronto violento com uma professora por causa de um telemóvel, perante a impassibilidade dos colegas que assistem à cena divertidíssimos como se de um espectáculo de entretenimento se tratasse.

Já várias vezes tinha pensado em escrever sobre o assunto mas a cena, de tal forma deplorável, causou-me uma tão má impressão que nunca o consegui. Como é fácil de imaginar, para quem é docente e ao ver uma cena destas, é normal que nos coloquemos imediatamente na situação a que assistimos. E, francamente, tenho que dizer que se estivesse naquela situação não teria conseguido manter a calma que a colega aparentava. Se não admitiria nunca um comportamento semelhante por parte de um filho meu, porque o faria por alguém de quem fosse professora? Tomaria com aquela menina mal-educada exactamente a mesma atitude que teria com um filho meu: um par de estalos bem assentes!

É verdade que depois cairia o Carmo e a Trindade porque a professora tinha agredido a menina, coitadinha, tão indefesa nas garras da "bruxa má", mas pelo menos tinha feito o gosto ao dedo.

Tenho aguardado desde então qual seria o desenlace do caso e hoje, finalmente, ouvi no telejornal que aquele projecto de delinquente vai ser alvo de um processo em Tribunal de Menores. No final do processo, se houver razões para isso, pode vir a ser-lhe aplicada uma "medida tutelar educativa", visando a "educação para o Direito", conforme estipula a lei aplicável a menores.

Estas medidas, segundo a lei tutelar educativa, podem passar por admoestação, por reparação ao ofendido, por tarefas a favor da comunidade, por imposição de regras de conduta, por frequência de programas formativos, por acompanhamento educativo ou, nos casos mais graves, por internamento em centro educativo.

Esperemos que este não seja mais um caso que fique em "lume brando" durante tempos infinitos como muitos outros e que a punição seja a suficiente para que sirva de exemplo a todos os jovens e para que pensem duas vezes antes de se tornarem em Rambos para gáudio dos amigos.

publicado por daplanicie às 10:21

link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito
|
Terça-feira, 25 de Março de 2008

Informadores nas escolas

Fiquei escandalizada ao ouvir a recente notícia relativa à educação no nosso país. Segundo o que ouvi, há polícias na reforma colocados pelo ministério da Educação no interior das escolas como informadores de movimentações "suspeitas", como estudantes que vistam de negro ou colem cartazes, professores envolvidos em greves e quaisquer outros sinais de contestação.

Estes informadores têm ordens para recolher os nomes dos envolvidos e enviar a informação ao Ministério da Educação. A denúncia é feita pela plataforma estudantil "Directores, não!", que reúne alunos de todo o país para contestar o novo modelo de gestão escolar, e foi já confirmada pela Associação Sindical de Profissionais da Polícia.

A confirmarem-se estas notícias, francamente nem sei o que pensar a este respeito a não ser que algo de muito mau está a acontecer sem que muita gente dê conta de tal e que tenho uma enorme preocupação pelo futuro dos meus filhos.


publicado por daplanicie às 11:14

link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|
Domingo, 23 de Março de 2008

Páscoa Feliz

publicado por daplanicie às 09:22

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 21 de Março de 2008

Sexta-feira Santa

Hoje é Sexta-Feira; uma Sexta-feira diferente, especial até: é Sexta-feira Santa!

Há muitos, muitos anos atrás, algo de especial acontecia, algo de muito importante tinha lugar num país distante:

Jesus Cristo, um Homem bom, morria numa cruz!

Na sua Vida recomendou dar a vida para se ter a vida...

Foi por isso, e para isso, que morreu...

Foi por causa disso que o mataram...

Foi condenado à pena máxima; foi condenado à morte e morte de cruz...

Deram a morte ...ao autor da vida...

Foi numa Sexta-feira! Pelas 3 horas da tarde;

Foi há muitos muitos anos atrás, num País longinquo: a palestina.

Por isso é que hoje ...é o dia que é:

SEXTA-FEIRA SANTA!

Por isso é que hoje é um dia diferente:não se pode celebrar Missa em nenhuma parte do mundo!

A Igreja... e as igrejas estão de luto; os altares não têm toalhas;as jarras não têm flores, e , em alguns sítios, até as próprias imagens estão cobertas:

É dia de luto...

Jesus, o Filho de Deus que se fez Homem para tornar os homens mais parecidos com Deus, morria ...

Morria porque quis dar a Vida...

É tão fácil ter pena deste Homem bom; é tão fácil ...

No entanto, tal como ontem, Jesus Cristo é bem claro: "NÃO CHOREIS,POR MIM; CHORAI ANTES POR VóS!...

Adiantará alguma coisa ter pena de Jesus, que sofreu tanto, coitadinho- como muitas vezes se diz- se continuamos tantas vezes a crucificar os outros à nossa volta?

Adiantará, ter pena de Jesus... se não temos compaixão daqueles que nos rodeiam?...

publicado por daplanicie às 10:07

link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito
|
Quinta-feira, 20 de Março de 2008

Óscar ataca de novo

Às vezes olho para o meu Óscar e fico a imaginar se ele não terá poderes especiais ou se não será um supercão disfarçado de cão absolutamente normal. Para quem ainda não sabe, o Óscar é o meu cocker spaniel , dourado, lindo e...completamente chanfrado!

Desde que o tenho, há 6 anos, já perdi a conta às asneiras e disparates que ele fez. Um dia, resolveu que a ração não era lá grande coisa e que seria muito melhor fincar a dentuça num belo queijo de Serpa acabadinho de comprar. Nem o paninho que o enrolava se aproveitou! Isto não seria nada de muito extraordinário se não fosse o facto de o queijo estar num sítio alto e inacessível para ele.

Uns tempinhos depois, foi um paio de Barrancos que marchou, com cordel, pedacinho de metal agarrado e tudo a que tinha direito. Também neste caso o paio estava em local que, supostamente, seria impossível ele atacar.

Passado algum tempo, apanhou-se em casa sozinho com um tacho de moelas de tomatada, que deixei em cima do fogão e...era uma vez um tacho de moelas. Puxou o tacho, que era pesadíssimo e, quando ele caiu no chão, houve molho de tomate até ao tecto e ele papou-as todas. Do petisco só sobrou a molhanga colada nas paredes...

Desde estes acontecimentos, fiquei mesmo convencida de que ele tem ali uma costela de super herói , tipo borracha-cão ou cão-voador .

Estes foram os primeiros de muitos ataques à cozinha que se têm dado desde então. É-me impossível dizer ao certo tudo o que ele já papou...desde azevias de Natal a um bolo de chocolate praticamente inteiro, passando por bifes e até um hambúrguer que o meu filho deixou sem vigilância enquanto ia ao frigorífico, ali mesmo ao lado, buscar sumo. Quando se virou só já teve tempo de o ver lamber o focinho com um ar de enorme satisfação.

A última foi ontem. Um belo tabuleiro com lombos de pescada assados no forno com pedacinhos de bacon, que cheiravam que regalava, não passou para nós disso mesmo. Do cheiro. Porque o senhor D. Óscar achou que uma alimentação rica em peixe era muito mais saudável.

O resultado de todas estas avarias é sempre o mesmo...fica com o sistema todo desregulado e toca de fazer porcaria pela casa toda! Raio do cão, deixa-me à beira de um ataque de nervos!!

tags:
publicado por daplanicie às 10:00

link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Emocionalmente Saudável

. Ano Novo, Vida Velha

. Esperar

. Aos meus amigos

. O valioso tempo dos madur...

. Filhos

. Sinto-me...

. Hoje

. Tirar o "S" da CRISE

. Chuva...chuva...chuva

.arquivos

. Janeiro 2014

. Julho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.links

.on-line

website stats

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds