Quarta-feira, 31 de Dezembro de 2008

BOM ANO!!

 

DESEJO A TODOS UM ANO NOVO REPLETO DE FELICIDADE, PAZ E MUITO AMOR.

QUE TODOS OS VOSSOS SONHOS SE TORNEM REALIDADE!

tags:
publicado por daplanicie às 10:27

link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|
Terça-feira, 30 de Dezembro de 2008

Ano Novo, vida velha

 

"Quem teve a ideia de contar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial,
industrializou a esperança, fazendo-a funcionar
no limite da exaustão.
Doze meses dão pra qualquer ser humano
se cansar e entregar os pontos.
Aí entra o milagre da renovação!
Tudo começa outra vez.
Com outro número e outra vontade de acreditar
que daqui por diante vai ser diferente."

Carlos Drummond de Andrade

 

Em tão poucas palavras, tudo resumido de forma exemplar. À medida que cada ano se vai aproximando do fim e, perante a constatação de que não fizemos realmente nada (ou quase) do que tão esperançadamente tínhamos destinado do ínicio do ano, começamos a transferir as nossas expectativas de mudanças milagrosas para o novo ano que se aproxima.

Vai ser neste ano que vamos ser realmente felizes. Vai ser neste ano que vamos emagrecer. Vai ser neste ano que vamos viajar. Vai ser neste ano que vamos ser pessoas realmente melhores (menos rabugentas, teimosas, insatisfeitas...).

Um sem número de decisões importantes, de resoluções magníficas que, caso conseguissem ser postas em prática, conseguiriam operar mudanças enormes na nossa vida. Mas desconfio que, pelo menos da minha parte, vai ser mais um ano igual aos outros, o que já não é mau se não for pior.

Quem quiser pode continuar a fazer uma lista interminável de "new year resolutions". Quanto a mim limito-me a desejar saúde e muita paz.

 

 

tags:
publicado por daplanicie às 10:09

link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Quarta-feira, 24 de Dezembro de 2008

Noite de Natal

Existem alguns momentos em que todos os anjos descem do Céu e vêm festejar na Terra. Os anjos cantam e dançam uma música que só pode ser ouvida pelo nosso coração. Há uma grande confraternização entre eles e isto acontece sempre no Natal.

Se, na noite de Natal, uma lágrima de emoção insistir em rolar pela sua face, nesse momento o seu coração estará sendo invadido por estes anjos e a sua pulsação entrará no ritmo daquela melodia. Saiba que, nessa hora, o amor de Deus se fará presente na sua alma e que tudo que desejar e merecer será realizado.

Que a paz, o amor e a luz de Deus iluminem todas as famílias.

 

tags:
publicado por daplanicie às 09:55

link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito
|
Terça-feira, 23 de Dezembro de 2008

Criança Divina

 

Que essa Santa Criança esteja sempre nos nossos lares e nos nossos caminhos,
e que Ela nos guie sempre e segure sempre nas nossas mãos guiando-nos para o caminho certo.
Hoje a noite está em festa ...
As estrelas brilham mais.
A harmonia dança com a felicidade ..
A paz desta noite invade todos os lares...
E o AMOR ...
Ah! Esse Infinito AMOR transborda em todos os corações!!! Que essa CRIANÇA DIVINA ilumine sempre os nossos passos,
ilumine sempre a nossa vida,
ilumine sempre esta noite de Natal.
FELIZ NATAL!!!

tags:
publicado por daplanicie às 09:12

link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2008

Visão

 


Começa teu dia com a visão dos pássaros,
com o silêncio das flores do teu jardim.
Começa teu dia com o frescor da água doce do rio, que passa por suas margens segura de seus movimentos.
Começa teu dia com a força dos ventos, trançando seus cabelos na liberdade que brota do teu ser, abrindo os braços para aquilo que desejas viver, amar, conhecer...
Começa teu dia com a inocência das chuvas, aquecendo teu espírito com o amor que pulsa
silencioso e alegre em teu ser.
Tudo é uma questão de como vês o dia que se inicia para ti.
Usa da tua visão interior e aprende que tu és o que sentes.
Procura neste dia não esquecer da luz que brilha em tua face, sempre que decides estar disponível a ela.

Autor desconhecido

 

tags:
publicado por daplanicie às 11:48

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Domingo, 21 de Dezembro de 2008

Novos provérbios


- Em Janeiro sobe ao outeiro; se vires verdejar, põe-te a cantar, se vires Sócrates, põe-te a chorar.


- Quem vai ao mar avia-se em terra; quem vota Sócrates, mais cedo se enterra.

 

 - Sócrates a rir em Janeiro, é sinal de pouco dinheiro.


- Quem anda à chuva molha-se; quem vota em Sócrates lixa-se.


-  Ladrão que rouba a ladrão tem cem anos de perdão; parvo que vota em Sócrates, tem cem anos de aflição.


 - Gaivotas em terra temporal no mar; Sócrates em Belém, o povinho a penar.
 

- Há mar e mar, há ir e voltar; vota Sócrates quem se quer afogar.
 

- Março, marçagão, manhã de Inverno tarde de Verão; Sócrates, Soarão, manhã de Inverno tarde de inferno.

-  Burro carregando livros é um doutor; burro carregando o Sócrates é burro mesmo.

-  Peixe não puxa carroça; voto em Sócrates, asneira grossa.
 

- Amigo disfarçado, inimigo dobrado; Sócrates empossado, povinho atropelado.
 

- A ocasião faz o ladrão, e de Sócrates um aldrabão.
 

- Antes só que mal acompanhado, ou com Sócrates ao lado.
 

- A fome é o melhor cozinheiro, Sócrates o melhor coveiro.
 

- Olhos que não vêm, coração que não sente, mas aturar o Sócrates, não se faz à gente.
 

- Boda molhada, boda abençoada; Sócrates eleito, pesadelo perfeito.

- Casa roubada, trancas na porta; Sócrates eleito, ervas na horta.

- Com Sócrates e bolos se enganam os tolos.
 

- Não há regra sem excepção, nem Sócrates sem confusão.

 

tags:
publicado por daplanicie às 19:03

link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2008

Triste país

Não, não desapareci do mapa nem me encontro de férias num sítio paradisíaco onde não há acesso à internet. É apenas um mal que afecta todos os professores quando se aproxima o final de um período: ainda mais trabalho do que o habitual. Acredite-se ou não têm sido muitos os dias em que passo 12 horas seguidas na escola pois as reuniões sucedem-se e o trabalho nunca se acaba.

No entanto, hoje roubei um bocadinho de tempo às avaliações das criancinhas e cá estou eu de novo. Desta vez para fazer uma breve reflexão sobre o nosso querido país.

Realmente, posso afirmar que amo profundamente este cantinho plantado à beira-mar, com características muito próprias. Sempre achei que era o único sítio do mundo onde gostaria de viver e que não tenho "estofo" para emigrante. Mas, ultimamente, sinto-me profundamente desapontada com tudo o que se tem passado por cá.

É o estado da (des)educação, em que se vive actualmente um clima de guerra aberta entre os professores e o Ministério da Educação, por motivos já sobejamente conhecidos de todos. Como é óbvio dificilmente se consegue estabilidade e tranquilidade nas escolas, com tudo o que se tem passado.

É o estado da saúde, que cada vez mais me parece profundamente doente. Só espero que não seja uma doença terminal, dessas que acometem cada vez mais portugueses, obrigando-os a integrar listas de espera de meses para conseguirem acesso a tratamentos fundamentais ao retrocesso da mesma, onde cada dia conta para conseguir vencer a luta.

É o estado da justiça, cada vez mais injusta, onde os casos de corrupção gravíssima aumentam na mesma proporção da impunidade dos senhores poderosos que a infringem. É aflitivo ver como casos de extrema gravidade são arrastados ao longo de anos a fio para, no fim, se ver que tudo continua na mesma e apenas a "arraia-miúda" é apanhada nas teias da lei.

É o estado da política, onde as agressões verbais se sucedem numa luta que não acaba por todos quererem os mesmo: um tacho para poderem encher os bolsos, esquecendo todas as promessas feitas durante as suas campanhas.

É a crise que assola (quase) todas as famílias, onde os sacrifícios que se fazem para conseguir "esticar" o dinheiro até ao fim do mês, são cada vez maiores, com a inflação a assumir níveis históricos e o fosso entre ricos e pobres a ser cada vez mais visível.

Tenho a sensação que muito me falta dizer para terminar o rol de tudo o que está errado no nosso país mas vou ficar por aqui. Vou aproveitar a época natalícia para pedir ao Menino Jesus que traga algumas mudanças positivas no próximo ano. E vou desejar ardentemente que ele me consiga ouvir...

 

P.S.- Muito obrigada a quem não desistiu de passar por cá, apesar de não haver "notícias frescas" há muito tempo. Prometo em breve retribuir essas visitas!

 

 

publicado por daplanicie às 12:18

link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Sexta-feira, 5 de Dezembro de 2008

Noite chorosa

Enquanto eu dormia, a noite chorava. Aos prantos. Eu não sabia ao certo o que acontecia, mas ouvia os seus soluços. Sem saber o que dizer ou como a confortar, virei-me para o lado e segui o que estava a fazer. Ou pelo menos tentei.

Senti-me culpada por fazer de conta que não ouvia o que se passava. Mesmo sem capacidade, acho sempre que devo fazer algo. No entanto, às vezes a melhor coisa é deixar as lágrimas rolarem assim mesmo, sem rumo, sem saber para onde elas irão. E assim elas seguiram, trilhando caminhos desconhecidos, almejando chegar a qualquer lugar onde o sol esteja a brilhar.

publicado por daplanicie às 08:45

link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|
Quinta-feira, 4 de Dezembro de 2008

E quem é a melhor??

 

Para a minha filha, que constantemente me dá motivos de orgulho, envio um enorme beijo de parabéns pelo prémio que ontem recebeu, de melhor jornalista do ano na sua área.

Apenas lamento não ter estado ao teu lado nesse momento tão especial mas, como esse foi certamente o primeiro de muitos outros, ficará para uma próxima oportunidade.

Gostaria de conseguir escrever um longo post que mostrasse realmente o que sinto, mas não tenho essa capacidade. As únicas palavras que me ocorrem são: Continua sempre como és!

 

 

publicado por daplanicie às 21:12

link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|

Dias tecidos

Tecendo os dias. Assim vamos. Escolhendo coisas, lugares, momentos, pessoas, amigos e amores. Somos nós os donos dos nossos caminhos. Somos nós que determinamos o nosso horizonte. Ou os nossos. Por que não?? Mais que um é bom! Torna possível a dúvida: de ir para lá ou para acolá.

Mesmo que esse horizonte seja apenas aquela fina linha dividindo dois azuis. Perdida... Porém, não tarda até que tomemos rumo, seja ele certo ou errado. Às vezes é preciso paciência e uma grande habilidade de controlar a ansiedade. Estamos sempre em busca de algo, mesmo que distante. E são, literalmente, as maiores distâncias que nos fazem ir mais longe. A graça está justamente nisso, em encher a mente de sonhos (realizáveis ou não) e viajar, tantas vezes sem sair do sítio.

Trilhar caminhos e buscar novos amanheceres é aquilo que nunca podemos deixar de fazer.

publicado por daplanicie às 08:05

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Emocionalmente Saudável

. Ano Novo, Vida Velha

. Esperar

. Aos meus amigos

. O valioso tempo dos madur...

. Filhos

. Sinto-me...

. Hoje

. Tirar o "S" da CRISE

. Chuva...chuva...chuva

.arquivos

. Janeiro 2014

. Julho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.links

.on-line

website stats

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds