Quarta-feira, 25 de Julho de 2007

Insónia

Há poucas coisas que me irritem tanto como ter insónias. Felizmente é coisa que pouco me acontece, sou uma pessoa que precisa de dormir muito e bem e, à boa maneira alentejana, se for possível ainda lhe meto uma sestita no meio.

Comecei a notar que algo não ia bem quando deixei de conseguir "passar pelas brasas" depois do almoço. Bolas...isto é um sintoma verdadeiramente alarmante para quem, como dizia dantes a minha mãe durante a árdua tarefa de me fazer levantar de manhã, sofre da doença do sono. Cheguei mesmo a ouvir-lhe dizer que devia ter sido mordida por uma mosca africana sem que ninguém tivesse dado por isso, o que me deixava admirada porque nunca tínhamos saído deste cantinho à beira-mar plantado.

Com a idade já fiz progressos consideráveis e, das 14 ou 15 horas que conseguia dormir seguidas nos meus dias áureos, reduzi a quota para umas miseráveis 7/8.

Depois desse primeiro sintoma, apareceu-me um segundo que foi o facto de demorar mais do que 10 minutos a adormecer...uma eternidade!! E finalmente, a cereja em cima do bolo: a noite de ontem!

Sentia-me sonolenta e resolvi deitar-me por volta das 23h30m . À meia-noite ainda não tinha pregado olho e resolvi beber um chazinho para ver se dava resultado. Não deu.

E depois aconteceu o que eu mais receava...do meu lado começaram a vir sons dignos de uma série de ficção científica ou de um filme de terror. Era assim uma mistura de trombone com comboio capaz de apavorar qualquer um ( que não conheça já os ditos sons, o que não é o meu caso). Aí é que a coisa se estragou por completo porque quanto mais queria dormir mais os olhos teimavam em permanecer abertos. Para ajudar à festa houve um cão da vizinhança que resolveu acompanhar o concerto com os seus latidos. Que pesadelo!

Depois de algumas cotoveladas e sons que não resultaram comecei a matutar na medida drástica que teria que tomar se as coisas continuassem iguais. E assim foi, resolvi fazer uma coisa que ainda nunca tinha feito em 27 anos de casada e isto porque já eram 2 e tal da manhã e eu começava a ficar verdadeiramente desesperada...peguei na minha almofadinha e fui para o quarto da filhota.

sinto-me:
tags:
publicado por daplanicie às 11:04

link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De Júlia a 25 de Julho de 2007 às 12:16
Convenhamos que foi uma decisão radical, ou, para grandes males, grandes remédios.
É uma mal de que também não costumo padecer. Mas tive grandes noites de insónia quando estava ainda a trabalhar e havia coisas que me angustiavam. Passava as noites a tentar encontrar saídas para os problemas que tinha de enfrentar de dia.
Felizmente isso já lá vai. Agora durmo na paz dos aposentados.
Beijinho
De daplanicie a 25 de Julho de 2007 às 12:23
Pois é...para essa paz ainda me faltam 22 longoooos anos. Mas esta insónia também não foi relacionada com o trabalho porque até estou de férias. Beijinho
De nofimdoarcoiris a 25 de Julho de 2007 às 13:06
Felizmente não sofro desse mal. Como o meu marido diz, ainda tenho a perna no ar e já vou a dormir! Também tenho desses sons estranhos ao meu lado mas nem isso me tira o sono (é do hábito). Espero nunca vir a sofrer desse mal porque, para quem necessita tanto de dormir como eu, deve ser catastrófico...
Bjs e bons sonhos
De daplanicie a 25 de Julho de 2007 às 13:25
O nosso truque aqui em casa é o "barulhento" só se deitar depois de eu adormecer, o que costuma acontecer rapidamente. O pior é quando não consigo que isso aconteça antes de ele começar com a "orquestra sinfónica". LOL
De Pat a 25 de Julho de 2007 às 13:15
LOL...Ainda bem q a filhota já não está em casa não é? Aconselha-se que quando não se consegue adormecer, não se deve ficar deitado.Deves ler até vir o soninho...De qualquer das formas não tenho peninha nenhuma de si!Estás de férias e já estou te estou a ver a pagares as horas que deves á cama no sofá da sala a tarde toda!
De daplanicie a 25 de Julho de 2007 às 13:22
A pessoa ser difamada e, diria mesmo, enxovalhada pelo próprio ser a quem deu a vida é muito triste. E tudo porque utilizei a sua caminha sem pedir autorização, não?? Sabes como diz a outra? "há-des cá vir, há-des"...LOLOL Beijinhos para ti, pinxexa da mami.
P.S.- E agora quem me acompanha nas voltinhas da tarde, hem???
De carlos a 25 de Julho de 2007 às 15:18
Como te entendo, eu tenho algumas vezes insónis e então no verão é horrivel,querer dormir e não conseguir,é mesmo muito mau. Cuidado com os chás, alguns ainda te despertam mais.
A tua decisão não é má, se fosse prática corrente é que era.
Espero que consigas durmir sempre bem
beijinhos
De daplanicie a 25 de Julho de 2007 às 15:22
Não sou muito adepta de chás fortes, prefiro os de plantas naturais que não fazem mal a ninguém.
Para mim o pior das insónias é que acabamos por pensar em coisas e mais coisas, algumas não muito agradáveis e depois ainda é pior. Beijinho
De leprechaun a 26 de Julho de 2007 às 03:20
14 ou 15 horas?!?!?!?!?!

Quer dizer... quando eras bebezita, com prazer! ;)

De facto, também conheço uma menina já adolescente que dorme e dorme que se farta! Vê-la a pé quando vou lá a casa é quase uma alta raridade... ela dorme de verdade!

Ora bem, lá haverá variações normais na necessidade de sono, claro, mas tanto será de mais! Eu só durmo muito quando me sinto mesmo preguiçoso ou melancólico, pois se não tenho nada p'ra fazer o melhor é adormecer! Quem sabe, sempre se podem ter uns sonhos giros... nada de bulhas nem tiros... só as beldades que eu miro! ;)

Quanto aos chás ou tisanas naturais, até há de facto algumas ervas calmantes e aconselhadas para as insónias. A principal é a valeriana, claro, que até já se vende nas farmácias. Mas quem dorme assim tanto... mai-la a sesta!... não precisa nada disso, miolo mortiço que ganhe mais viço! :D

Pois, és alentejana da planície, está visto!... ai, como se está bem assim deitadinho num "dolce fare niente" na cama ao quentinho! :)

Ora eu também sou um Gnomo paradinho...

Rui leprechaun

(...só um rosto belo me tira o soninho! :))


PS: Espera! Ou então és alta Gata... bichana de algum magnata! E agora, nesta vida... Luz e Rosa apetecida... enrolada a ronronar... e com quem estás a sonhar?!
De daplanicie a 26 de Julho de 2007 às 10:56
Já cá faltava a piadinha de ser alentejana e por isso dormir muito! :-)
Na verdade as 14 ou 15 horas de sono aconteciam na minha adolescência, aos fins de semana, depois de andar farta de me levantar antes das 7 todas as matinas. Então precisava de retemperar forças.
Agora, com a idadezita, apenas necessito de 7 ou 8 mas bem dormidas porque senão...saiam da frente.
Bem-vindo e cumprimentos

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Emocionalmente Saudável

. Ano Novo, Vida Velha

. Esperar

. Aos meus amigos

. O valioso tempo dos madur...

. Filhos

. Sinto-me...

. Hoje

. Tirar o "S" da CRISE

. Chuva...chuva...chuva

.arquivos

. Janeiro 2014

. Julho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.links

.on-line

website stats

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds