Domingo, 28 de Outubro de 2007

Ranking de escolas

Desde que foi divulgado o ranking de escolas, referente aos exames deste ano lectivo tenho-me debatido comigo própria sem ter ainda chegado à conclusão se sou a favor ou contra tal divulgação.

Se por um lado as pessoas têm o direito de saber quais são as melhores escolas para fazerem as suas opções na hora de matricularem os filhos também é verdade que este ranking não passa da confirmação daquilo que todos nós já sabíamos antecipadamente, quer sejamos professores ou apenas pais interessados em tudo o que se passa no nosso país em matéria de educação.

Como era esperado, esta lista veio confirmar o óbvio: que os melhores resultados se encontram no ensino privado, nos bons colégios particulares aos quais talvez 90% dos portugueses não têm acesso.

Não podemos esquecer-nos, no entanto, que o facto de estes estabelecimentos de ensino apresentarem melhores resultados não significa forçosamente que tenham nos seus quadros melhores docentes, que sejam mais dedicados aos seus alunos e à sua profissão.

Significa, isso sim, que a "matéria-prima" com que trabalham é melhor pois provém de famílias de altos rendimentos, onde as crianças são estimuladas desde que nascem com todos os jogos e brinquedos de boas marcas, sempre habituados a frequentar o que há de melhor e tendo desde cedo vivências que a maioria das pessoas não terá no final da sua vida.

Para mim os verdadeiros primeiros lugares do ranking são aquelas escolas onde a população escolar é de zonas e famílias problemáticas, onde as crianças são deixadas à sua sorte desde cedo porque os pais têm que trabalhar e não têm posses para os colocar no infantário onde certamente também teriam as iniciações básicas essenciais. São aquelas onde os professores são muito mais do que isso, são amigos, pais, confidentes de crianças que têm na escola o seu único exemplo de estabilidade e onde os docentes fazem o possível e o impossível para que eles tenham as mesmas hipóteses de vida que os outros.

Essas sim, são as escolas de enaltecer e louvar apesar de aparecerem nos últimos lugares da "corrida"

publicado por daplanicie às 19:16

link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Raquel Alves a 28 de Outubro de 2007 às 21:29
É por tudo isso que sou contra os rankings.
De daplanicie a 30 de Outubro de 2007 às 18:04
Mas parece-me que estas listas são como o toyota. Vieram pra ficar!!
Cumprimentos
De Júlia a 29 de Outubro de 2007 às 16:44
É evidente que os ricos não fazem mais do que a sua obrigação: ter boas notas. Têm todas as condições para o conseguirem.
Já quanto aos menos favorecidos é importante e de destacar o esforço que fazem para conseguir bons resultados.
Mas esta história do ranking tem muito que se lhe diga. Não se sabe quantos alunos cabem dentro das médias de cada escola. A este propósito lembro-me do que aconteceu na escola secundária aqui da terra que, num ano, ficou em 1º lugar nos resultados do exame de Filosofia. O facto é que o único aluno que fez exame teve uma nota muito alta...
Estás melhor?
Beijinhos
De daplanicie a 30 de Outubro de 2007 às 18:03
Pois é, às vezes acontecem situações como essa mas quem lê a lista não o sabe e depois surgem comparações injustas.
Eu estou um pouco melhor, obrigada. Estou a tomar antibiótico e tenho que fazer depois um exame às cordas vocais pq o médico suspeita de um nódulo. Agruras da profissão.
Beijinhos
De Pedro de Sousa a 7 de Novembro de 2007 às 20:26
Ola

Pessoalmente sou a favor dos rankings, apesar de não ver isso como essencial

Recordo-me ha uns dois anos (tres?) que uma das melhores escolas publicas era exactamente a da Damaia (que serve o problemático bairro da Cova da Moura)... isso serve para desmistificar um pouco a teoria que zonas problemáticas são forçosamente más..

Excelente post, de resto

Beijinhos

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Emocionalmente Saudável

. Ano Novo, Vida Velha

. Esperar

. Aos meus amigos

. O valioso tempo dos madur...

. Filhos

. Sinto-me...

. Hoje

. Tirar o "S" da CRISE

. Chuva...chuva...chuva

.arquivos

. Janeiro 2014

. Julho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.links

.on-line

website stats

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds