Segunda-feira, 5 de Novembro de 2007

Passadeiras para quê?!

Nos últimos dias têm-se sucedido as notícias sobre pessoas atropeladas quando se encontravam a atravessar ruas ou estradas nas passadeiras e isto é um facto verdadeiramente preocupante.

Desde cedo que ensinamos às nossas crianças qual o significado dos semáforos e das suas cores e que o sítio correcto para atravessar uma via é a passadeira. Agora, perante um cenário destes ficamos sem saber muito bem como agir ou o que dizer.

Hoje, durante uma saída com os meus alunos, precisávamos de atravessar uma rua e eu fazia as recomendações habituais de irmos passar numa passadeira para peões, apesar de tornar o caminho mais longo. E diz-me logo um, que é o mais espevitado de todos "Oh professora, isso nem vale a pena porque o meu pai diz que os carros até gostam mais de passar por cima de quem vai nas passadeiras!".

Fiquei de cara à banda e lá respondi que o pai estava a brincar com ele e que era sempre melhor cumprirmos as regras de trânsito, como recomendavam os guardas da Escola Segura, que costumam ir lá à escola falar com eles.

Não sei se ele ficou muito convencido do que lhe disse porque nem sequer sei se eu própria estou convencida...Civismo precisa-se! É urgente!

publicado por daplanicie às 16:26

link do post | comentar | favorito
|
20 comentários:
De sexta26 a 5 de Novembro de 2007 às 16:41
De facto, tendo em conta as notícias dos últimos dias, acabo por quase lhe dar razão...
De daplanicie a 6 de Novembro de 2007 às 17:00
E cada dia que passa a situação piora!
Obrigada pela visita e pelo comentário
De Lua de Sol a 6 de Novembro de 2007 às 01:52
As crianças são realmente sinceras.

Mas quanto ás passadeiras, pelo menos aqui em Lisboa, tenho duas constatações a fazer.

1ª Algumas estão estupidamente colocadas (perdoa-me a linguagem), pois é! Algumas encontram-se ao virar de uma esquina sem qualquer visibilidade...

2ª As pessoas não devem atravessar na passadeira sem olhar, porque a passadeira é legalmente o local adequado para atravessar e aí têm prioridade, mas há que ter bom senso! Se atravessarem em algumas daquelas que referi em cima, habilitam-se.E ainda há quem atravesse na passadeira nas calmas com o sinal vermelho para os peões.

Ensino sempre à Rita a atravessar na passadeira com o mesmo cuidado com que atravessa noutro sítio. E, aqui para nós, em certas ruas atravessamos fora da passadeira, em locais que me merecem maior confiança! Que isto até para colocar passadeiras no sítio certo parece ser tarefa complicada para alguns! Aqueles trabalhinhos mal feitos, como é costume. E mais: digo-lhe sempre para não carregar nos botões que facilitam o aparecimento do sinal verde. Não vá o diabo tecê-las e apanhar um choque, o que é frequente até, já que muitos estão em curto-circuito!

Por fim: "atravessa na passadeira, mas não te fies! Há sempre aqueles malucos que vêm a 100 à hora e não têm intenções de abrandar!".

Civismo... Eheh!

Beijinho
De daplanicie a 6 de Novembro de 2007 às 17:01
Aí está, o civismo é a base de tudo. É verdade que há passadeiras que...valha-nos Deus mas também é verdade que cada vez se vêem mais condutores a executar manobras perigosas nas estradas.
Beijinhos e obrigada pelo comentário
De estoriasdaminhaterra a 6 de Novembro de 2007 às 09:53
A criança merece um Bom. Apesar de conhecer as regras do civismo conhece melhor a realidade envolvente. Demonstra ser uma criança atenta e ainda por cima revela obdiencia aos pais. Deve ser louvado. Agora fora de tangas ( embora o miudo até tenha a razão dele) hoje quando vinha trabalhar passei numa passadeira ( a habitual) e dei de caras com três coisas fantásticas.~
1- tinha três carros estacionados em cima da porra da passadeira, apesar de ainda ontem a polícia ter andado a passar bilhetes a quem estava estacionado na dita. Tive de contornar o raio dos boloides.
2-O sinal ficou verde para os peões. meti-me a atravessar. Sai-me uma tresloucada que quase me atropelou e ainda teve direito a uns gestos meus que simbolizavam algo do género " Oh azelha tu és cega!???? Não vês o sinal!!!!! Pensas que se me matares dá-te pontos na caderneta!? Não adiantou porque a " senhora" continuou calmamente a sua condução e ignorou-me ( deduzi que era mesmo cega). O sinal ficou vermelho esperei novamente pelo verde.
3- Atravessei com triplicada atenção e a passo acelarado ( não fosse o diabo tece-las). Primeira faixa, metade da segunda faixa, raiosssssssssss já está a piscar e fica vermelho quando me faltam dois metros para o passeio.
Salvei-me!!! Sinto-me uma heroina...
só me pergunto como será quando eu tiver 50 anos menos agilidade nas pernas e menos pachorra para estas coisas... Quero um sinaleiro só para mim se faz favor e barreiras que subam junto das passadeiras quando fica verde para os peões... e mesmo assim...
De daplanicie a 6 de Novembro de 2007 às 17:03
Os teus comentário fazem-me sempre rir! Como sempre uma análise bem humorada mas nem por isso menos real da situação.
Beijinhos
De Pedro a 6 de Novembro de 2007 às 10:48
Olá,

O Da Planície encontra-se em destaque na homepage dos Blogs (http://blogs.sapo.pt) e do SAPO (http://www.sapo.pt).

Parabéns e bom resto de dia :)

Pedro
De daplanicie a 6 de Novembro de 2007 às 12:33
Muito obrigada MESMO pelo destaque nos blogs do Sapo.
De A VER NAVIOS a 6 de Novembro de 2007 às 14:20
O tempo não tem dado para visitar os blogs dos amigos. Daí a falta de comentários aos seus sempre agradáveis textos.
Hoje porém tenho de vir aqui para lhe dar os parabéns por fazer parte dos blogs em destaque no Sapo.
Já era mais que merecido.

Boa Semana.
J. Lopes
De daplanicie a 6 de Novembro de 2007 às 17:04
Já tinah notado a ausência e pensava que estava farto de ler as minhas letrinhas. Ainda bem que não é o caso. :-)
Obrigada pela visita e pelos parabéns. Cumprimentos
De A VER NAVIOS a 6 de Novembro de 2007 às 21:08
Não, não me farto de ler os seus posts.
Quero informá-la que o seu blog foi hoje mencionado e reproduzido parte de um post, num programa da Antena 1, por volta das 18:20 horas.
É um programa diário sobre blogs, da autoria do Pedro Rolo Duarte.
Parabéns mais uma vez.
J. Lopes
De daplanicie a 6 de Novembro de 2007 às 22:19
De novo agradeço as suas palavras. Já fui à procura do programa que me disse ao site da antena 1 e estive a ouvir o programa. Fiquei toda orgulhosa :-).
Cumprimentos
De Mamã Gansa a 6 de Novembro de 2007 às 16:59
É cada vez mais o retrato do governo cego de um pais em que a culpa morre sempre solteira. é uma vergonha.precis-se mesmo de civismo.
De daplanicie a 6 de Novembro de 2007 às 17:05
E isso nota-se em todas as áreas do país, não é só nas estradas. Anda tudo ao Deus-dará!!
Obrigada pela visita e pelo comentário
Cumprimentos
De Júlia a 6 de Novembro de 2007 às 18:45
Olá amiga!
Isto é que é um um início de semana!
Em destaque nos blogues do Sapo e há pouco, ao ligar o rádio na Antena 1, ouço o Pedro Rolo Duarte, no programa Janela Indiscreta, ler parte deste post, citando o respectivo blogue.
Muitos parabéns porque são mesmo merecidos.
Beijinhos
De daplanicie a 6 de Novembro de 2007 às 22:20
Amiga, muito obrigada pelas tuas palavras tão queridas.
Um grande beijinho
De Pedro de Sousa a 7 de Novembro de 2007 às 11:55
Ola

Creio que é a primeira vez que comento um post no teu blog, que de resto ja me tinha sido muito recomendado por outros blogistas

Claro que ha falta de civismo. Civismo pressupoe educação, o que realmente não há (ou parece não haver) em Portugal, onde toda a gente acha que tem o direito de fazer o que quer.

Este assunto das passadeiras é-me familiar, pois na cidade de Lisboa são OS PEOES que raras vezes cumprem com as mais elementares regras de civismo, a começar por NÃO passarem quando o sinal está VERMELHO para os peões, coisa que lhes parece pouco importar... de resto ja estive quase a atropelar dois ou tres incumpridores, por esse facto... Tambem o passarem fora das passadeiras me parece extraordináriamente comum, e sem olhar então é mato...

A primeira coisa que ensino aos meus filhos é que eles não são toureiros e o carro não é um touro... Passadeira ou não PAREM, certifiquem-se que SÃO VISTOS, e então passem, sempre a olhar para o lado do perigo...

De salientar que na passadeira tem prioridade, mas se vierem a correr, ou houver um veículo a escondê-los, o condutor pode não os ter visto...

Não se pode imputar constantemente as culpas aos condutores, e nenhumas aos peões...

Educação e civismo precisam-se, seguramente, mas de parte a parte

Beijinhos

De daplanicie a 7 de Novembro de 2007 às 19:21
Concordo plenamente, também conduzo e sei muito bem como são as coisas. Mas nestes casos noticiados parece-me nítida falta de cuidado e excesso de velocidade dos condutores que cada vez parecem mais impacientes. É cada um que uma pessoa até fica impressionada com a falta de educação!
Cumprimentos e obrigada pelo comentário. Espero que volte porque isso é sinal de que gostou minimamente do que aqui encontrou. "Recomendado por outros bloguistas"? fiquei toda babada. :-)
De Rastr a 7 de Novembro de 2007 às 18:23
Ok... mas vamos ver um diferente ponto de vista...
Pelo menos a mim sempre me ensinaram que antes de atravessar seja qual for a passadeira, só se atravessa quando os veículos param, certo?
Já me aconteceu ir a conduzir e numa passadeira os peões "atirarem-se" porque está ali uma passadeira. Muitos peões também são condutores e quando lhes fazem isso concerteza não gostam, pois sabem que por muita atenção que se tenha, o veículo não pára assim de um momento para o outro.
Mas nestes últimos casos não parece ter sido por este motivo, mas sim por excesso de velocidade.
Outra coisa a que eu apelo a todos os peões, é que as passadeiras servem para facilitar a travessia aos peões, ou seja, para PASSAR e não para PASSEAR como acontece na maior parte das vezes, principalmente junto às escolas.
Um Abraço
De daplanicie a 7 de Novembro de 2007 às 19:17
Tens toda a razão. Há pessoas que abusam da sorte e depois quando as coisas acontecem é que é um Deus nos acuda. Mas nestes casos noticiados parece-me, pelo que ouvi, que foi mesmo falta de cuidado dos condutores.
Cumprimentos

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Emocionalmente Saudável

. Ano Novo, Vida Velha

. Esperar

. Aos meus amigos

. O valioso tempo dos madur...

. Filhos

. Sinto-me...

. Hoje

. Tirar o "S" da CRISE

. Chuva...chuva...chuva

.arquivos

. Janeiro 2014

. Julho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.links

.on-line

website stats

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds