Quarta-feira, 14 de Novembro de 2007

Ainda anteontem...

Ainda anteontem foi Segunda, já depois de amanhã é Sexta... Ouvi esta frase pela primeira vez há muitos anos, a uma pessoa com quem trabalhei e que tinha um óptimo sentido de humor e, até hoje, nunca mais a ouvi a ninguém. Utilizo-a eu, (apropriei-me dela!) quando quero realçar a corrida que o tempo faz que é de tal maneira veloz que o presente, no segundo seguinte já é passado.

E é realmente o que me apetece dizer hoje. É impressão minha ou o Natal, a cada ano que passa, chega mais depressa, quase sem dar tempo de deitarmos fora os restos de papel amarfanhado e retirarmos as decorações natalícias?!

Dá-me a sensação de que quanto mais vamos envelhecendo maior é esta sensação de tempo que passa veloz sem se condoer de nós....Não sei é se é só uma sensação ou se isso acontece realmente.

publicado por daplanicie às 09:59

link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De Tânia Vargas a 14 de Novembro de 2007 às 12:34
O tempo é veloz...ás vezes mais do que nós...
De daplanicie a 14 de Novembro de 2007 às 21:12
É verdade, passa por nós a tal velocidade que nunca o conseguimos apanhar...
De guiga a 14 de Novembro de 2007 às 17:22
É mesmo impressão nossa. Apenas crescemos, ganhamos responsabilidades, temos os dias sobrecarregados, são tarefas aqui, trabalhos acolá... Deixamos de viver com qualidade! Daí o tempo voar e nem darmos por ele.
Quando somos crianças, as coisas são completamente diferentes. Temos tempo para tudo, fazer os TPC, brincar, ver televisão, dormir, olhar as flores, ver as formigas a trabalhar (Fazia isso muitas vezes!!)... Um infinito de coisas!
Vale a pena ser criança! :)

Beijinhos!
*.*
De daplanicie a 14 de Novembro de 2007 às 21:14
Por isso de vez em quando (cada vez mais frequentemente) sou assolada por um saudosismo atroz e só desejo voltar ao tempo de criança. Enquanto não constroem uma máquina do tempo vou vivendo a recordar.
Beijinhos
De A VER NAVIOS a 14 de Novembro de 2007 às 20:21
Eu sinto o mesmo, embora não goste.
Costumo dizer que os meus filhos cresceram tanto, que qualquer dia são da minha idade.
É complicado, mas vai-se passando.
E como dizia o outro: o tempo não passa, nós é que passamos por ele.
Cumprimentos,
J. Lopes
De daplanicie a 14 de Novembro de 2007 às 21:16
Pois, também eu não gosto mas é bem real. Agora está a começar a acontecer que as amigas de infância da minha filha estão a começar a ter filhos. Meu Deus, que impressão que isto me faz!! Como é possível que "crianças" já vão ser papás e mamãs??!!
Cumprimentos
De A VER NAVIOS a 15 de Novembro de 2007 às 09:08
Aí é possível, é.
Eu sou mais velho, mas já vou a caminho do terceiro neto.

Cumprimentos,

J. Lopes
De Pedro de Sousa a 14 de Novembro de 2007 às 20:49
tempus fugit
(o tempo voava, ja no tempo dos romanos)

O tempo anda sempre à mesma velocidade... A tua mente é que anda tão ocupada com o que se passa no mundo que, provavelmente, nem tens tempo para o ver passar...
E quanto mais velhos, usualmente, temos mais em que pensar

Reconhecê-lo é ja um principio... guarda um pouco de tempo para ti propria... terá o sabor da melhor das iguarias

Beijinhos
De daplanicie a 14 de Novembro de 2007 às 21:17
Tens razão, aproveitar bem o tempo é a coisa mais sensata a fazer. Mas nem sempre é fácil fugir ao que nos rodeia e que cada vez é mais difícil.
Cumprimentos
De Migas a 15 de Novembro de 2007 às 00:09
Era tão bom quando da Páscoa ao Natal iam 8 ou 9 meses!
Agora andamos sempre a correr, de um lado para o outro que passamos pelo tempo sem darmos conta.
Ainda este fim de semana, num jantar de amigos, disse a uma rapariga que estava connosco qué há imenso tempo que não a via. A resposta foi "a última vez que nos vimos o teu filho era bebé." Ele já tem 6 anos!
Só espero chegar a velhinha e não lamentar ter passado pela vida tão depressa que nem a vivi.
Beijos pré Natalícios
De Nettwerk van Helsing a 15 de Novembro de 2007 às 00:27
Ou isso, ou é porque se começam a decorar as lojas e ruas cada vez mais cedo...

Cumprimentos.
De dolce_vita a 15 de Novembro de 2007 às 00:48
Amiga
Sentimos a cada momento,que tudo está a andar a uma velocidade estonteante.O natal é uma referencia...ainda foi ontem e já está aí novamente.
Será que estamos a viver depressa ou a deixar de viver?
um abraço
De RCataluna a 16 de Novembro de 2007 às 21:14
Também tenho reparado nisso... tou mesmo a ficar velho...

Bom fim-de-semana!
De Yuri A. a 17 de Novembro de 2007 às 05:21
Olha, tem razão quem falou da decoração prematura das lojas. E, para além disso, há a questão da publicidade televisiva e dos outdoors. Eu mesmo indignei-me já em setembro, porque desde este mês anunciam produtos e serviços relacionados ao carnaval em minha cidade (moro em Salvador). Pra quê achatar tanto o nosso ano? Achei esse blog enquanto "flanava" pelo google e gostei. Salvarei nos favoritos e aparecerei de quando em vez.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Emocionalmente Saudável

. Ano Novo, Vida Velha

. Esperar

. Aos meus amigos

. O valioso tempo dos madur...

. Filhos

. Sinto-me...

. Hoje

. Tirar o "S" da CRISE

. Chuva...chuva...chuva

.arquivos

. Janeiro 2014

. Julho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.links

.on-line

website stats

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds