Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2008

O cofre

Num país distante havia um presidente que gostava tanto do poder que vivia apavorado pela chegada do dia em que seria substituído por outro, voltando assim a ser um entre tantos.

Teve então uma ideia. Mandou espalhar a informação de que possuía no seu palácio presidencial um cofre que continha um magnífico tesouro e que, quem o conseguisse de lá retirar, seria o escolhido para lhe suceder à frente dos destinos do país.

Formaram-se filas enormes de cidadãos que queriam tentar a sua sorte. Cada um que tentava, ao meter a mão no cofre, ficava com ela decepada. Alguns, principalmente políticos e membros do governo, com a ambição do poder, tentavam ainda com a outra mão, à qual acontecia o mesmo.

Depois de todos terem tentado (ficando assim incapacitados), o Presidente manifestou a sua enorme alegria, batendo palmas. Era o único no país que ainda o conseguia fazer...

tags:
publicado por daplanicie às 09:00

link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Pat a 25 de Janeiro de 2008 às 12:01
Gostei muito...interrogo-me...que tesouro magnifico estaria dentro do cofre?! ;)
De daplanicie a 28 de Janeiro de 2008 às 12:20
Eu não lhe chamaria magnífico e sim terrífico. Suponho que fosse aquele animal voraz que se chama "ambição desmedida".
De Estupefacta a 25 de Janeiro de 2008 às 12:08
Amiga Rosa
Este conto dá que pensar. A cadeira do poder é inclinada. Há que se equilibrarem para não cair dela.
Poder, poder, poder.... Para quê???? No fim, acabam todos dentro de 4 tábuas.
Um grande beijinho
De daplanicie a 28 de Janeiro de 2008 às 12:21
Pois eu imagino a cadeira do poder como um sofá extremamente confortável onde toda a gente se quer sentar...
Beijinhos
De guiga a 25 de Janeiro de 2008 às 17:24
Um conto, um tanto ao quanto estranho... lol Nem sei bem como explicar. Mas, demonstra bem a necessidade que as pessoas têm de querer ter algum tipo de poder. Por exemplo, nota-se muito isso a nível profissional. Encontramos sempre pessoas dispostas a passar por cima dos outros, sem olhar a meios. Isso assusta um pouco!
Bom fim-de-semana! *.*
De daplanicie a 28 de Janeiro de 2008 às 12:23
Pois, há dias assim em que nos ocorrem as coisas mais estranhas... :-) É apenas uma metáfora para o desejo de poder apesar de tudo.
Beijinhos
De Lua de Sol a 27 de Janeiro de 2008 às 17:22
Fantástico! Uma crítica dura. A ganância, a estupidez, a quase loucura... Tudo por uma cadeira e quanto mais têm mais querem (os políticos até as duas mãos lá punham!)... E em terra de cegos... quem tem olho é rei...
O Sócrates já começou a divulgar o seu tesouro?! haha!

Bjs

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Emocionalmente Saudável

. Ano Novo, Vida Velha

. Esperar

. Aos meus amigos

. O valioso tempo dos madur...

. Filhos

. Sinto-me...

. Hoje

. Tirar o "S" da CRISE

. Chuva...chuva...chuva

.arquivos

. Janeiro 2014

. Julho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.links

.on-line

website stats

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds