Domingo, 27 de Janeiro de 2008

Avaliação de docentes

Ao contrário do que muitos docentes esperavam, o decreto que regulamenta o processo de avaliação de desempenho do pessoal docente da Educação Pré-escolar e dos ensinos Básico e Secundário – deverá ser aplicado já este ano lectivo.
A avaliação que entrará em vigor terá três dimensões distintas. Na primeira, o processo centra-se numa ficha de auto-avaliação elaborada por cada um dos professores em exercício. Na segunda dimensão, o processo de avaliação é desenvolvido pelo professor titular coordenador do departamento disciplinar ou do Conselho de Docentes que avaliará o desenvolvimento das aulas, os materiais pedagógicos produzidos e a relação do docente com os alunos. Finalmente, na terceira e última fase, a avaliação é feita pelos conselhos executivos, que, entre outros aspectos, aferem a participação dos docentes na vida da escola, ou os graus de responsabilidade e de assiduidade demonstrados por cada professor ao longo do período lectivo.

Ora isto poderá "dar pano para mangas". Não sou nem nunca fui contra a avaliação de professores, até porque não tenho receio nenhum de ser avaliada. Tenho consciência de que desempenho as minhas funções o melhor que posso e sei e de que me dedico de corpo e alma à minha profissão, muitas vezes em prejuízo da própria família. Mas não posso concordar com a valiação nos moldes em que será desenvolvida, com quotas reduzidas de docentes a poderem alcançar a avaliação de Muito Bom e de Excelente, o que me parece inadmissível.

Porque não atribuir a avaliação máxima a todos os docentes que a mereçam? A resposta parece-me bastante simples: à semelhença de todas as outras áreas, o governo continua a tratar a educação norteado por uma visão economicista que não se pode admitir.

Isto para não mencionar que espero sinceramente que não venha a acontecer o que temo: um sistema onde um professor ao ir avaliar um colega que não seja da sua simpatia, execute as suas "vingançazinhas" pessoais, transformando todo este processo numa grande palhaçada.

publicado por daplanicie às 10:52

link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De guiga a 28 de Janeiro de 2008 às 16:30
Pois minha amiga! Seria bom que não virasse palhaçada, mas desconfio que irá ser! E ainda vamos ouvir falar muito deste assunto! Não sei qual a lógica disto... Mas, ok! Força para os professores deste país!
Boa semana!
Beijinhos *.*
De A VER NAVIOS a 28 de Janeiro de 2008 às 22:03
Como a minha amiga sabe, estou completamente à margem do assunto, pois a minha guerra é outra bem diferente.
O que me custa em tudo isto é que o sector da educação que poderia e deveria ser de alguma calma, não consegue sair de constantes polémicas, umas piores que outras, de forma progressiva.
Que alguém com bom senso, o que me parece não existir na actual ministra, nem no nosso primeiro ministro, ponha alguma ordem no sector, para bem dos professores, pais e alunos.
Boa semana,
J. Lopes

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Emocionalmente Saudável

. Ano Novo, Vida Velha

. Esperar

. Aos meus amigos

. O valioso tempo dos madur...

. Filhos

. Sinto-me...

. Hoje

. Tirar o "S" da CRISE

. Chuva...chuva...chuva

.arquivos

. Janeiro 2014

. Julho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.links

.on-line

website stats

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds