Segunda-feira, 28 de Abril de 2008

Desacordo ortográfico

Já ouvi as mais diversas opiniões sobre o acordo ortográfico de que tanto se tem falado ultimamente. Ouvi vozes que falavam a favor e ouvi quem falasse contra e todos apresentavam os mais variados argumentos para tentarem "puxar a brasa à sua sardinha". Como é óbvio também tenho a minha opinião formada e, como utilizadora assídua da Língua Portuguesa há já 44 anos e "ensinadora" da mesma há  22, sou completamente contra este novo acordo que nos querem impingir e que, na minha modesta e humilde opinião, não tem pés nem cabeça.

Mas será que alguém me pode explicar porque é que temos que começar a escrever brasileiro em vez de português? Mas afinal fomos nós que lhes transmitimos a nossa Língua há mais de 500 anos ou são eles que nos querem ensinar agora?

Para mim as palavras transmitem ideias, sentimentos e sensações e a mim até me dá a ideia que húmido sem h nem dá aquela sensação de frescura e que acção sem o c fica meio fraca, sem atitude... Parece-me que o baptizado sem o p perde a "finura" que a palavra faz lembrar. Como estes exemplos, muitos outros. Não gosto de pensar que sou retrógrada nem impermeável às mudanças. Que estou de tal modo antiquada que qualquer novidade me arrepia mas é que me parece mesmo que este  (des)acordo ortográfico não tem sentido nenhum.

publicado por daplanicie às 17:45

link do post | comentar | favorito
|
25 comentários:
De Pérola a 28 de Abril de 2008 às 18:34
Concordo inteiramente. Como tradutora, esse acordo já me está a dar uma grande dor de cabeça!... Para além do investimento que vou ter que fazer em ferramentas de trabalho (mas este é um mal menor), sou da opinião que para se uniformizar a Língua Portuguesa não é necessário alterar a ortografia... Veja-se o caso do inglês e das diferenças entre o britãnico, o americano e australiano... Além disso, há palavras que para mim vão perder parcialmente o sentido. Veja-se por exemplo no caso da supressão dos assentos: lêem - leem; vêem - veem; pára - para; e no caso da supressão do hífen: hão-de - hão de; hei-de - hei de, etc, etc, etc... Afinal a lingua portuguesa é nossa ou não é?
Bem... mas temos 6 anos para nos irmos habituando... :(
Beijinhos
De daplanicie a 29 de Abril de 2008 às 12:38
Imagino...eu também terei que fazer praí umas formações para me actualizar. Nem quero pensar...
Beijinhos
De José a 28 de Abril de 2008 às 19:22
Temos que nos habituar...
"Numa roda de samba".
Antes de ter sido assinado o acordo,
devíamos ter "acordado", de olhos e
ouvidos bem abertos.
Depois da "casa roubada", já nem
serve "as trancas na porta".
Podem crer que "a trancada" vai ser
forte, até nos abrir bem a cabeça.
De daplanicie a 29 de Abril de 2008 às 12:39
Pois a mim parece-me que nem que me abram a cabeça cá entram tantas modificações...é que burro velho já não aprende línguas :-)
Cumprimentos
De Marta Santos a 28 de Abril de 2008 às 19:37
Não é definitivamente um caso em que se seja impermeável às mudanças. Eu tenho apenas 20 anos, se for a escrever sem atenção provavelmente dou um monte de erros ortográficos, mas acho isto completamente estapafúrdio.... É como se tivéssemos a tirar a identidade à nossa língua.... Mas enfim, eles querem, podem e mandam...

um beijinho*
De daplanicie a 29 de Abril de 2008 às 12:41
Não sei se não me farei de tontinha e continue a escrever como até aqui...:-)
Beijinhos
De Migas a 28 de Abril de 2008 às 22:43
Concordo contigo.
Se todos falamos português, e o português nasceu em Portugal, então não há cá necessidade de acordos!
Beijinhos
De daplanicie a 29 de Abril de 2008 às 12:42
Quem me dera que todos estivessemde acordo connosco. :-)
Beijinhos
De Em Fá Sustenido a 28 de Abril de 2008 às 23:11
Concordo completamente . Este acordo ortográfico só nos veio fazer ver ainda mais , que somos cada vez mais um país de seguir o exemplo . Lá está a língua portuguesa traiçoeira . O que eu quis dizer é que , nós como em todos os outros caso , seguimos exactamente o que os outros querem que se faça .
Agora uma língua parecida ao máximo com o Latim , um tesouro na Europa já esquecida e agora decidem que nós , povo do esplendor que foi " dono " de quase meio mundo , fale como os nossos colonos . ( Soou meio imperialista ) Verdade seja dita , quem tem uma herança que vale " oiro " somos nós ! Por isso , vou continuar a escrever como me ensinaram e como sempre soube .

Beijinho *
De daplanicie a 29 de Abril de 2008 às 12:49
E eu digo exactamente o mesmo :-) Abaixo o acordo ortográfico! LOL
Beijinhos
De letras a 29 de Abril de 2008 às 12:46
Pronto, então cá venho eu para destabilizar um bocadinho as coisas!, ihihi!
Na verdade, e apesar de achar muito estranho o novo acordo, sou "forçada" a concordar com ele(e atentem que também eu lido com o português todos os dias, visto que sou de comunicação).

Eu sei que a nossa língua é linda e que há palavras que de facto(como o "facto":P) vão perder força, para nós. Mas reparem. Com a crescente globalização cada vez mais o portugues do brasil corre mundo. Na verdade, sp que vou para fora do país,o que as pessoas fazem é falar portugues do Brasil, e escrever portugues do brasil.Acham que faz algum sentido haver docs oficiais escritos em portugues e portugues do brasil?Ja para n falar no facto de que os brasileiros são muuuitos mais do que nos.
Este acordo esta basicamente a tentar travar o inevitável: o desaparecimento do portugues, a longo prazo, tal como aconteceu com o Latim, há tantos anos. Desta forma, poderemos manter pelo menos a grande base da nossa língua sem que ela desapareça por completo.
E sim, tal como McLuhan eu acredito que vivemos numa aldeia global, e nao gosto de pensar que ela se pode transformar numa torre de babel...
:)
e vão ver que nao vai custar tanto assim(até porque várias coisas ficam com dupla grafia...=)

beijinhus
De daplanicie a 29 de Abril de 2008 às 12:52
Peço desculpa mas não me convenceste. Continuo a achar que se alguém tinha que mudar eram eles e não nós. Sabes, é que burro velho já não aprende línguas. LOL
Beijinhos
De letras a 29 de Abril de 2008 às 14:38
Isso não é verdade!É obvio que aprende. Mas somos, sempre,um bocadinho resistentes à mudança.
Não vamos passar a escrever mal, vamos somente passar a escrever de outra forma.
Eu também acho que muita coisa nao faz sentido, mas acredito que o acordo pode fazer com que o português nao morra.
Anyway, em portugues de Portugal ou do Brasil, continuarei a escreve-lo como tão bem me merece :D

Beijinhos
De Nettwerk van Helsing a 29 de Abril de 2008 às 13:23
Já disse o que pensava sobre este acordo (quer dizer... ainda não disse oficialmente, mas... argh , esta preguiça), mas, de qualquer modo, também não me entra muito bem na cabeça esta desgraça que querem impingir à malta... Então quem escrevia bem agora vai passar a escrever mal? E nós, que andámos a divulgar a nossa língua para os outros a distorcerem até mais não, vamos ter de nos andar a, literalmente, dobrar precisamente para quem retorceu mais o nosso dialecto? E um dos argumentos que utilizaram para implementação deste acordo (sim, que o mesmo já estava criado faz tempo) - a aproximação entre os países que comunicam em português - cai por terra porque, se formos a ver, e como dizia um cronista na Visão, aqui há pouco tempo, "os portugueses continuarão a ir ao talho, a tomar banho na cascata e a vestir um fato; os brasileiros continuarão a ir ao açougue, a tomar banho na cachoeira e a vestir um terno".

Cumprimentos.
De daplanicie a 29 de Abril de 2008 às 18:10
E a jogar matraquilhos em vez de pimbolim.LOOOL
Cumprimentos
De chezki a 29 de Abril de 2008 às 15:12
Sem tirar nem p ôr !
Partilho do desagrado do Acordo Ortográfico.
Como não faz qualquer sentido, vai ser difícil incutir todas as alterações sobretudo na nossa geração e nas anteriores.
Tiram-nos tudo, até o " p " do baptizado, que é o acto solene do caminhar da vida.
Aquele Abraço. Mãe Caracoleta.
De letras a 29 de Abril de 2008 às 16:21
Já li isto aqui algumas vezes e é bom esclarecer. Há ANOS que baptizado é também, batizado!
Já tem dupla grafia...acho que nao vale a pena dramatizarmos tanto.
Qdo os Baptistas passaram a Batistas também foi um escandalo e agora já ninguem liga...

eu também gosto do Portugues, caramba!Nao digo isto de ânimo leve.Ninguem esta a fazer um acordo por embirração...
De daplanicie a 29 de Abril de 2008 às 18:21
Ninguém melhor do que eu sabe que o baptizado se pode escrever sem p uma vez que sou professora. Mas a questão é que depois, se o fizermos é considerado erro. Agora todas as outras alterações me parecem feitas apenas por pura politiquice de lamber as botas aos brasileiros. Desculpa a franqueza. Aliás a minha opinião é partilhada por alguns dos maiores linguistas portugueses.
Beijinho
De daplanicie a 29 de Abril de 2008 às 18:23
E só não nos levam o cú das calças porque não deixamos...
Obrigada pela visita
De guiga a 29 de Abril de 2008 às 15:54
Todos nós sabemos que as Línguas evoluem, que sofrem mutações, que aparecem novas palavras. Mas, nada serve para defender este suporto acordo, pois nada justifica obrigar um povo a reaprender a sua própria Língua!
ISTO É UM TOTAL ABSURDO! E irrita-me ver os nossos governantes a estragar, MAIS UMA VEZ, o que é nosso!
*.*
De daplanicie a 29 de Abril de 2008 às 18:24
E tu ainda és uma mocinha nova...agora imagina eu que já estou meio entradota a ter que aprender tudo de novo...era só o que me faltava!! :-)
Beijinhos
De sandra a 29 de Abril de 2008 às 18:17
em relaçao aos assentos eu nao constumo colocar, confesso ups...
por preguiça...
concordo contigo relativamente aos H e P, nao faz qualquer sentido. Sei escrever assim e nao quero aprender outra forma, nao vejo porque. Nao estamos tao bem assim???
De daplanicie a 29 de Abril de 2008 às 18:30
Na minha opinião estamos lindamente mas há pessoas que pensam que ser moderno é papar tudo o que os outros nos querem impingir...
Beijinhos
De sandra a 29 de Abril de 2008 às 18:33
Lembram se de cada uma....
Deve ser para justificarem o emprego que têm.

beijus

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Emocionalmente Saudável

. Ano Novo, Vida Velha

. Esperar

. Aos meus amigos

. O valioso tempo dos madur...

. Filhos

. Sinto-me...

. Hoje

. Tirar o "S" da CRISE

. Chuva...chuva...chuva

.arquivos

. Janeiro 2014

. Julho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.links

.on-line

website stats

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds