Quarta-feira, 28 de Maio de 2008

Livro de autógrafos

De repente, ali estava ele. Bem no fundo da gaveta, misturado com postais de aniversário, cartas de amor, recadinhos passados nas aulas quando era suposto estarmos a ouvir o professor e muitas outras recordações que sou completamente incapaz de deitar fora. Era deitar para o lixo parte de mim, do que fui, e isso não consigo fazer.

Era o meu livro de autógrafos! Há anos que não lhe pegava e fiquei ali, embevecida a ler pequenas mas sentidas dedicatórias de colegas e amigos cuja amizade, jurávamos, ía ser para toda a vida. É triste dizer isto mas, ao ler alguns dos nomes desse livro, nem sequer os consegui associar a um rosto, completamente envoltos em brumas que não consegui desvanecer da minha  memória. De qualquer forma foi muito bom folheá-lo e reler o que nas suas páginas estava escrito.

Realmente, os livros de autógrafos eram uma coisa mesmo especial! Recebi o meu no dia 7 de Abril de 1974, no dia em que fiz 10 anos e o primeiro autógrafo que lá tenho é o da minha professora da escola primária, andava eu no 4º ano. Dizia "Seguindo sempre por caminho recto, do longe se faz perto. Um grande beijinho da tua professora Adrilete". Talvez na altura nem tenha entendido bem o significado de uma frase tão profunda mas a verdade é que, ao longo da vida, tenho tentado sempre segui-la.

Seguem-se depois dedicatórias de amigas e amigos, enchendo páginas e páginas de sentimentos puros e sinceros como só o são as amizades infantis/juvenis.

Algumas são apenas simples rimas quase forçadas, outras comentários engraçados, outras reflexões mais sérias mas todas, todas cheias de significado. É que embora já não me consiga recordar de algumas pessoas pois já passaram 34 anos, a verdade é que na altura foram importantes para mim, o suficiente para lhes pedir o seu autógrafo.

É que eu ainda sou do tempo em que os autógrafos se pediam aos amigos e pessoas que tinham significado para nós e não a jogadores de futebol e cantores que, por grande favor (e se calhar com vontade de mandar os fãs dar uma volta...) lá rabiscam o seu nome em qualquer papelinho.

 

tags:
publicado por daplanicie às 16:43

link do post | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Emocionalmente Saudável

. Ano Novo, Vida Velha

. Esperar

. Aos meus amigos

. O valioso tempo dos madur...

. Filhos

. Sinto-me...

. Hoje

. Tirar o "S" da CRISE

. Chuva...chuva...chuva

.arquivos

. Janeiro 2014

. Julho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds